sábado, 6 de março de 2010

Correntes D'escritas 4

Com a última mesa de debates chegava o encerramento. Este foi o momento escolhido para uma homenagem emotiva a Rosa Lobato de Faria na qual o seu editor leu um texto de despedida e o poeta Aurelino Costa disse dois poemas da homenageada. Seguiu-se a entrega dos Prémios Literários que tinham sido anunciados no primeiro dia das Correntes.
Após o discurso de encerramento todos os autores presentes foram chamados ao palco, momento retratado na foto acima.

Como balanço dos dois dias passados nesta verdadeira festa, pelo menos para quem é fã de livros, fica a confirmação dos comentários há vários anos lidos e ouvidos de que este é um acontecimento único em Portugal, com o melhor dos ambientes e com uma excelente organização. Ficam memórias de um convívio excepcional e uma tremenda vontade de poder repetir a experiência.
Até pró ano?
Regina

1 comentário:

Marta disse...

Olá
Vá ao Cantinho da Macaquinha e encontres as flores que este cantinho merece.
Selinho: Esse blog merece flores!!
Beijinho